One-shot - "Spin-off" de 'The Cullen's Secret'

Se você ainda não leu The Cullen's Secret, clique aqui!

"Spin-off" de 'The Cullen's Secret'.




"Em comemoração aos 6 meses de vida de TCS, eu resolvi fazer essa One-Shot. Foi a maneira de agradecer a todo mundo que já passou pelo tópico, mesmo os BBB's de plantão. Foi em TCS que eu fiz muitas amizades, foi em TCS que eu criei calos nas mãos, foi em TCS que vcs me emocionaram sempre com os comentários, foi em TCS que NÓS batemos recordes.

Espero que gostem ;)"


+ de 40 mil posts
+ de 700 nos perdidos
+ de 500 páginas no word
+ de 400 leitores ativos
+ de 2000 mil posts num dia só em tempos antigos

O meu "muito obrigada" a vcs! ;)




- Sério, eu preciso mesmo fazer isso?

Bella me olhou franzindo a testa e eu podia jurar que ela queria me acariciar do seu jeito delicado e romântico.

- Edward, você tem que fazer!
- Eu não sei Bells... Esse lance de apresentador não faz muito o meu estilo...

Me olhei mais uma vez no espelho do camarim. O smoking tão certinho parecia ter sido feito sob encomenda. Era chato ser gostoso.

- Digo, mal conheço as pessoas. Sei lá...
- Amor, deixa de ser bicho do mato. Essas pessoas vieram aqui para nos ver também.
- Tenho cara de famoso, Bella? Não quero ser visto!

Ela revirou os olhos e sentou na cadeira giratória, bufando.

- Deus, como você é irritante!
- Também te amo!

Dava vontade de socar aquela cabeça dura.  Não gente, não é a cabeça de baixo. Tudo mente pervertida aqui, nossa! Ele me olhou com sua cara de cínico e eu virei a minha para ele.

- Que foi? Vai ficar brabinha agora?
- Eu simplesmente não acredito que você vai amarelar!
- Eu pensei em fugir, sair correndo...
- Aham, vai sim. Não se esqueça que ela pode se vingar.
- Ela.

Bella arregalou os olhos e fez uma cara de má.

- ELA.

Eu não gostava disso, não gostava mesmo.

- Bells, eu meio que não morro, lembra? Não tenho medo de ninguém.
- Sei. Mas deveria ter. Você não morre porque ela não quer. Lembre-se disso.
- Ela não teria coragem!
- Tem certeza? Para ela colocar alguém arrancando seu medalhão e sua cabeça junto, não custa.
- Ok amor... chega. Isso... não é legal...

Só falando NELA para deixar ele com medinho, né? Sorri satisfeita quando ele voltou a ajeitar a gravata borboleta na frente do espelho. Me levantei e o virei de frente para mim.

- Mas não precisamos ter medo dela, você sabe.
- Eu sei.

Edward sorriu e enlaçou minha cintura, beijando minha boca.

- Afinal, foi ELA quem me deu você.
- Digo o mesmo... Eu te amo, Edward Cullen.

Dei um tapa na sua mão e fui eu mesma ajeitar a gravata. Edward estava meio tenso hoje... Ele não era assim.

Ok, qual o motivo para eu estar suando frio, se eu não suo? Isso era uma puta de uma sacanagem comigo e só podia ser uma coisa... Olhei para cima, como se estivesse falando com ELA, mesmo sabendo que não seria visto.

- Você está me sacaneando, né? Isso é só para eu ficar engraçado? Porque tá sendo engraçado só para quem está lendo...
- Amor, passou a falar sozinho?
- Não.
- Edward, você está falando sozinho...
- Porra Bells, estou falando com ELA!
- E quem disse que ela te escuta, Edward?

Era conspiração, fato.

Acho que meu marido começava a enlouquecer. Medo. Beijei seu rosto e o abracei, ficando na ponta dos pés.

- Isso tudo é tensão pré-Oscar... Depois você relaxa...
- Sei.

Ele estava olhando para os lados e... impressão minha ou Edward estava suando?

- Amor, isso é suor?
- Não me irrita, Bella... Nã me irrita.

Eu me afastei dele para poder rir. Sim, ele estava hilário desse jeito, medrosinho e nervoso.

- Agora você entende como eu me sinto durante esses 6 meses.
- Como assim?
- Ah qual é, Edward? Desde o começo que eu só me ferro, só caio, só levo foras, patadas, tenho medo de avião, acordo com cachorro me lambendo, fico corada por qualquer motivo...

Ele fez um gesto com a mão me interrompendo.

- Já entendi onde você quer chegar.
- Pois é. E esse tempo todo você foi o bonzão, o maioral, o gostosão...
- Gostoso eu ainda sou amor...
- Certo. Bem, acho que nem ELA seria capaz de mudar isso, né?
- Acho que ELA tem uma quedinha por mim.

Bells fechou a cara e eu sorri. Será? Vem com o papai, vem...

Bella apontou o dedo na minha cara e parecia estar rosnando.

- Retire o que pensou.
- Como sabe o que pensei?
- Te conheço, Edward...

Minha mulher estava virando bruxa, só pode. Retirei meu pensamento. Deixa para lá... Talvez numa próxima ocasião... Ei! Talvez no aniversário de 1 ano, quem sabe? OMG, chega, Edward! Está parecendo uma moça!

- Com licença... Estão prontos?

A funcionária bateu na porta e colocou a cabeça para dentro, nos fazendo a pergunta.

- Não estou não.

Fui acariciado por Bells nas costas e meio que senti a dor dessa vez. Sério, ELA estava me zoando hoje, né?

- Estou sim, nunca estive tão pronto!

Ajeitei meu cabelo mais uma vez e dei o braço para Bella.

- Você está lindo!
- Você me bateu...
- Pff! Foi um carinho amor.
- Carinho? Quase esmagou meus pulmões!
- Edward, seus pulmões não funcionam já há alguns séculos.
- OMG.

Deus! O que é isso? Estou virando jaya? Bella riu baixinho, eu tenho certeza. Olhei rápido para ela e parei de andar.

- Eu já entendi! Você fez um pacto com ELA, não foi?
- Hã?
- Bells, você está invertendo a situação? Daqui a pouco eu vou te ver levitando? OMG.
- Amor, chega... Olha a neurose.

Voltei a andar e só fui parar antes de entrar no palco. Eram aqueles momentos antes de ser anunciado, sabe? Acho que o momento mais tenso da minha existência.

- Por favor, não me faça gaguejar, corar ou tropeçar. Amém.
- O que é isso, Edward?
- Estou rezando.

- E agora com vocês, nossos apresentadores da noite: Edward Cullen e Isabella Swan!

Respira, respira. E vai! 


Entrei no palco e nem entendi por que estava andando com tanta graciosidade. E sem tropeçar. Uhul!

- Amor, respira...

Olhei para o lado e...

- Edward?

OMG, ele ficou! Recebi os aplausous sozinha de todo o público, que estava de pé e andei até o microfone, me mantendo calma.

- Boa noite. Só um segundo até que nosso apresentador termine o seu contratempo.

Oh shit! Fui empurrado para dentro do palco. Sorria, Edward. Ninguém quer te matar, só estão aplaudindo.

Que vergonha senhor! Edward parecia uma formiguinha andando na minha direção todo encolhido. Ele chegou até mim e limpou a garganta, ficando mais duro do que... Bem, você sabem.

- O que houve?

Perguntei tampando o microfone.

- Travei.
- Melhor destravar logo então.

Bells era tão má... Percebi que todo mundo estava nos olhando. Era normal isso, certo? O microfone estava na minha frente e Bella me acotovelou. Sério, isso dói.

- Boa noite.

OMG, que voz fina foi essa? Pisei no pé dele.

- Ai!

OMG.

Ai? Estou virando gay agora? Porra, tu está mesmo de sacanagem comigo, né dona K? Me mata logo que é melhor!

Tive que pensar rápido para consertar essa... voz fina. Limpei a garganta acho que pela décima vez no dia e voltei a falar.

- Boa noite. Estamos aqui hoje para a entrega das estatuetas.

Eu estou meio que obrigado, mas isso não vem ao caso. Voltei a sorrir.

- Os prêmios que serão anunciados, por ordem, são...
- Melhor coadjuvante feminino e masculino.
- Melhor personagem principal feminino e masculino.
- Melhor cena de sexo.
- Melhor cena de luta.
- Melhor emo.
- Melhor calo grudento.
- Melhor BBB.
- Melhor...

Isso era uma piada?

- Melhor cor de cueca de Edward.

Todo mundo riu. Que graça!

Aparentemente, a minha intimidade era engraçada. Eu me pergunto o que minha cueca dizia respeito a esse bando de desconhecido. Não conheço ninguém não. Olhei para Bella que também estava rindo.

- Achou graça?
- Desculpa amor... Mas eu não resisti.
- Queria ver se tivesse "melhor cor de sutiã de Bella".
- Eu acharia normal ué.
- Me deixa.

Suspirei, sabendo que era jogo perdido já. Eu não podia lutar contra a dona dessa porra. Se ela me botar cacarejando no palco, eu vou ter que cacarejar. Melhor ficar quieto.

- Vamos dar início aos vídeos.

Bells falou e as luzes diminuíram, aparecendo o telão lá no fundo. Os candidatos ao primeiro prêmio começaram a aparecer e no final, o anúncio. Peguei o envelope e abri.

- E o Oscar de melhor coadjuvante feminino vai para...
- Alice Cullen!

Tinha que ser. Voto comprado, tenho certeza que Alice encheu o saco DELA para ganhar. A pequena veio pulando lá pelo público até chegar no palco e agarrar a estatueta das mãos de Bella.

- Obrigada! Obrigada aos meus fãs, obrigada aos meus pais que não estão mais vivos, obrgada ao Ed, obrigada aos meus lindos e sedosos cabelos, obrigada a quem votou em mim! Eu amo muito muito mesmo essa família e...

A música que indicava que Alice devia vazar dali começou a tocar.

- E também amo todos vocês! Eu sou uma pessoa...

E continuava tocando. Ok, vieram tirar Alice do palco. Ow. Ela levou o microfone junto.

Ok, ficamos em pé, sem ter onde nos esconder, esperando pelo microfone. Eu queria morrer! Todo mundo me olhava. Esfreguei as mãos, cocei a cabeça, sorri para Bella, mudei de posição... Ah! Enfim, o microfone voltou!

- Então, olá de novo.
- Amor, não precisa dar olá...
- Me deixa, Bella. Quanta implicância com a minha pessoa...

Destampei o microfone e voltei a falar.

- Bem, como coadjuvante masculino, o Oscar vai para...
- Jake!

Ah parou, né? Eu vou ali me matar e já volto! Como assim um cão, um maldito cão pintado de azul ganhou essa droga? O povo aplaudia enquanto Jake passava e vinha para o palco, super azul. Ele chegou, levantou a pata e... OMG.

- Er... imprevistos acontecem, não?

Eu mato ele mais tarde. Bella prendeu a estatueta na coleira dele e o cachorro foi embora, abanando o rabo asqueroso.

Que vida ingrata. De vampiro poderoso filho de Drácula, eu passei para apresentardor de Oscar. Sendo mijado pelo cachorro. Que ganhou o Oscar. Preciso dizer mais?

- Meu pé está molhado...
- Claro, você foi mijado.
- Você me odeia, Bells?

Ela revirou os olhos e pegou o microfone. Era sua vez de anunciar também. Ajeitei discretamente minha calça, que estava molhada na barra e grudada na minha perna. Nojento.

- Como candidatos a melhor personagem principal feminino e masculino, nós apresentamos!

O vídeo passou novamente, mostrando a cara dos candidatos. Eu estava lá, mas sabia que nem ia ganhar mesmo... O que de bom tinha me acontecido hoje? Nada! Quando o vídeo terminou, ela continuou.

- E como personagem feminino, o Oscar vai para...

Olhei o nome no envelope e revirei os olhos. Armação.

- Isabella Swan.
- OMG!

Bella deu um ataque no palco, pulando desesperadamente e o mais impressionante, sem cair. Ela começou a chorar e fungar, mas falou sem gaguejar.

- Só tenho que agradecer o carinho de todos vocês. Muitíssimo obrigada mesmo!

Bah! Coisa chata...

Ainda estava emocionada pelo prêmio! Era muito para mim. OMG! Voltei a me concentrar para continuar apresentando e respirei fundo.

- Como personagem masculino, o Oscar vai para...

Edward foi ler o envelope e congelou, me olhando apavorado. Ele fez uma mímica com a boca e eu li os seus lábios dizendo: "EU". Eu mereço. devo ter tacado pedra na cruz. Peguei o envelope de sua mão e achei melhor anunciar, já que a pessoa ali travou.

- Edward Cullen!

Claro. As mulheres gritavam e aplaudiam e assobiavam. Nem achei graça. Ele ficou roxo, vermelho e passou para azul. Acho que K estava mesmo o sacaneando.

- Amor?
- O-oi.
- Não vai falar?
- Te-tenho mes-mesmo?

Não olha para os flashes, não olha. Respirei fundo e segurei a estatueta com as mãos tremendo. O que estava acontecendo comigo? Olhei para o microfone. Seja o que K quiser.

- Obr-obrigado. Eu... estou... emocionado.

OMG, eu estava chorando?

Um ano depois, ele parou de chorar, enxugou as lágrimas e voltou a falar no microfone.

- Obrigado.

O que fizeram com o meu marido macho? Estava começando a ficar com medo de ter que viver a eternidade ao lado de um jaya desse tipo...

- Edward?

Onde ele estava indo, senhor? Edward foi saindo do palco e eu fiquei sem saber o que fazer, mas ele logo voltou.

- Ficou maluco?
- Fui guardar minha estatueta.
- Mentira.
- O que? O chão é sujo aqui...

Bells revirou os olhos e pegou o microfone.

- A melhor cena de sexo. Hum, interessante... Vamos dar uma olhadas nas que estão concorrendo?

Ela falou super desinibida e o vídeo começou a rodar. OMG. Era eu pelado ali. OMG.

- Quem deu autorização para mostrarem isso?
Merda! Todo mundo viu minha bunda e as outras partes. Nunca mais saio de casa!

- Amor, você é gostoso demais.
- Para Bells...
- Mentira que você está envergonhado?
- Me deixa!

Cruzei os braços e virei a cara para ela, que estava rindo.

- E como melhor cena de sexo, o Oscar vai para...

Ai senhor, estou nervoso. Nem quero que nenhuma cena ganhe, não quero! Ela vai ter que reprisar nesse telão!

- A cena do sexo no telhado!

Me amarrota que estou passado! O pessoal gritava, aplaudia, me chamava de gostoso e Bella de delícia. Nunca passei tanta vergonha em um único e irritante dia. Bella sorriu e me beijou, apertando minha bunda e piscando para mim. Sério, Isabella Swan era irritante!

Depois de ser feito de palhaço, ser exposto ao ridículo com a bunda aparecendo no telão e de ser apalpado pela minha esposa na frente de um bando de calo, digo, de pessoas, eu me recompus. Limpei a garganta, fechei a cara e peguei o microfone.

- A seguir, iremos apresentar as cenas selecionadas para a categoria melhor cena de luta.

O vídeo começou a mostrar as cenas e eu torci intimamente para a minha cena com o Henry Bass. Eu era foda, sério. O público aplaudiu no final e era hora do resultado.

- E o Oscar vai para...
- A guerra lobisomens x vampiros!

Ah. Isso? Ok. Veio a cambada toda receber uma droga de uma estatueta. Só os vampiros, claro. Os lobisomens não foram convidados para a festa. Era proibido animais no recinto. Jake foi o único que pôde entrar.

- Eu agradeço em nome de todos!

Quem disse para Lestat que ele podia agradecer em meu nome? Ô carinha para se achar a última bolacha do pacote... Fala sério! Mas então ele ficou mudo e parecia que estava se engasgando. Ah sim, Hazel estava "agindo".

- Dá licença pai... Deixa comigo que eu sou melhor.

O pestinha pegou o microfone das mãos do príncipe e começou.

- Eu sei que todos me amam e que sou fundamental nessa história. Então agradeço imensamente...

O microfone voou da mão dele e foi parar nas mãos de Vlad.

- Obrigado. E ponto final.

Opa. Meu pai.

Eu me pergunto todo dia por que fui entrar justo para essa família de loucos... Ficou uma confusão ali no palco, com um falando mais alto do que o outro, e o microfone sendo disputado, Emmet de peito nu, a música do Oscar tocando alto nos nossos ouvidos... OMG, me tirem daqui! Eu tentei, mas não me controlei.

- CHEGA!

Bella rodou a baiana legal ali. Casei com uma barraqueira. Deus! Todo mundo calou a boca e ficou olhando para ela, que estava super séria e com as mãos na cintura.

- Podem se retirar do palco, sim? Já receberam o prêmio, então tchau!

Acho que o pessoal ficou meio sem-graça, pois abaixaram a cabeça e começaram a ir em direção à saída. Bem, menos Lestat, claro.

- Adoro mulheres decididas... Quando Edward não der mais conta do recado, me procure.

Tive vontade de ir para um cantinho e chorar... Mas engoli o choro, segurei as lágrimas e virei a cara para o príncipe. Sério K, você me paga! Tá me fudendo a vida!

- Vamos apresentar agora... o prêmio para melhor emo!
- Essa vai ser interessante...
- Fica quieto Edward... Vamos ver o vídeo.

Só levo fora, só levo fora...

O vídeo começou e eu me retirei à minha insignificância. Eu já fui a porra do personagem principal dessa porra de fanfic um dia. Um dia muito distante, mas aconteceu de verdade. Sinto falta de ser querido e amado.

- O prêmio de emo devia ir para você...
- Amor, você está acabando comigo hoje.
- Eu te amo. Mas você está jaya.

Ela sorriu cínica e piscou. Irritante! Insuportável! Eu odiava Isabella Swan! O vídeo acabou, peguei o envelope e comecei.

- E o Oscar vai para...

Isso não estava certo. Bella pegou o envelope para ler e me olhou. Ela sorriu para a platéia e pegou o microfone.

- Bem, nos desculpem, mas precisamos ir para o intervalo. Já voltamos.

Bella me puxou pelo braço e nós saímos do palco. Os organizadores do Oscar já estavam fervendo lá nos bastidores nos esperando.

- Ok, o que foi isso?

Bells perguntou para eles, cheia de atitude, mostrando o que estava escrito ali no envelope. Nós demoramos algum tempo, com todo mundo nos explicando a situação e então eu gelei, quando ouvi pronunciarem o nome DELA.

- Bella, eu não quero conhecê-la.
- Ficou louco, Edward?
- Não... Só estou com medo.
- De que?
- Sei lá, vai que ela resolve me transformar em sapo?
- Céus Edward! Ela é escritora, não bruxa...

O seguro morreu de velho. Eu preferia não arriscar, mas os organizadores engravatados fecharam a cara para mim e eu tremi.

- O tempo está correndo e o intervalo já vai terminar. Teremos um palco vazio se vocês não forem AGORA até lá falar com ELA.

Tremi de novo. Bella revirou os olhos e me puxou.

- Anda. Vamos lá!

Nós subimos uma escada e paramos na frente de uma porta. Rosa. Gostei da cor. Bells abriu a porta e encontramos ela atrás de uma mesa, escrevendo. Seus olhos levantaram e pararam na nossa direção. Um sorriso apareceu no seu rosto.

- Ed, Bells... Aproximem-se!
- Er, sem querer ser chato... Mas só quem chama a Bells de Bells, sou eu.
- Claro, porque eu quis assim.

ELA era irritante também. Torci a cara e me sentei na cadeira, ao lado de Bells. Humpf. Bella. Nós escutamos tudo que ela tinha para nos dizer e no final, ela nos pediu autógrafos. Oi? Achei estranho aquilo, mas assim eu fiz, com medo de ser transformado em sapo.

OMG, ela me pediu um autógrafo! Me senti super amada! Bem, pelo que ela disse, eu posso me sentir assim! Saímos de sua sala e voltamos para apresentar o restante dos prêmios.

- Estou tenso.
- De novo, Edward?
- Entrar no palco me deixa assim...
- Mas você estava lá antes.
- Eu sei, mas eu saí. Tem toda uma nova entrada agora...

Pisamos no palco e o senti ficar rígido ao meu lado. Era difícil até andar com ele, de tão tenso que estava.

- Boa noite. Estamos de volta, para apresentarmos o prêmio. Algumas alterações de última hora tiveram que ser feitas.


- Os prêmios de melhor emo, melhor calo grudento e melhor BBB tiveram que ser condensados e viraram um único prêmio.
- Melhores leitores.
- E o Oscar vai para...

Cara, só em olhar agora para a lista dava preguiça de citar nome por nome. Nós decidimos fazer diferente. Respirei fundo.

- O Oscar vai para todos vocês aí!

Foi um alvoroço terrível no teatro e o povo resolveu levantar todo junto. OMG, vou morrer esmagado, fato! Achei que o palco fosse partir ao meio com tanta gente em cima dele. Era gritaria para todos os lados e eu ainda não entendia de onde tinha aparecido tantas estatuetas. Cada um recebeu a sua e aos poucos nós fomos conseguindo fazer todo mundo voltar para o lugar. Bem, antes disso, eu logicamente fui agarrado, beijado e apertado por todas elas. Já estava roxo.

- Tiraram casquinha de você né?
- Eu me sinto... usado!

Céus! Aquilo foi um estupro em massa! Eu estava até tonto. Bella pegou o microfone da minha mão.

- Vamos apresentar agora o último prêmio da noite. A melhor cor de cueca de Edward!

Não tinha graça alguma. Tive que assistir a um vídeo que me mostrava em diversos momentos íntimos usando minhas cuecas.

- E o Oscar vai para...

Nem queria ler, mas li.

- A cor preta.

Novidade.

Recebi mais uma estatueta e me perguntei o que eu faria com elas, já que não me serviam para nada. Só iriam me fazer lembrar desse mico gigante! Opa. Que porra é essa?
.
Olhei para Edward, sorrindo, para nos despedirmos do público e vi que sua expressão tinha mudado. Ele não estava mais com aquela cara medrosa que usou a noite toda. Sua confiança parecia ter voltado.

- Você está bem?
- Nunca estive melhor. Acho que alguém resolveu parar de brincar comigo.

Ele me olhou daquele jeito sedutor que faziam minhas pernas tremerem e pegou o microfone, indo para a frente do palco e ficando cara a cara com a platéia.

- Boa noite. Nós chegamos ao final da cerimônia e eu gostaria de dizer algumas palavras. É gratificante estar na companhia de todos vocês durante esses 6 meses. Eu fico feliz em saber que muitos aqui riram, choraram e torceram comigo e com Bella e agradeço pelo carinho. Espero, e falo em nome de minha mulher também, que nós continuemos juntos por bastante tempo ainda. Obrigado!

OMG. O que foi isso? Todo mundo aplaudiu de pé e ele voltou, sorrindo torto para mim e me pegando pela cintura. Edward me beijou a boca e me inclinou o corpo.

- Sabe qual o melhor prêmio da noite?
- Qu-qual?

Ah ótimo, voltei a gaguejar... Ele arqueou uma sobrancelha.

- Você. Te pego lá em casa.

Fiquei sem ar, corei e perdi a fala. Edward tirou o paletó do smoking e foi andando para sair do palco. A luz negra agora iluminava suas costas e eu via algo escrito em sua blusa. Era...                                           
The Cullen's Secret
Obrigada a todos... O prêmio de melhores leitores, vai para todos vocês, sempre ;)

Dany
Thayse
Taty
Laís
Luciana (Lu)
Joa
Clara
Isabela (Isa)
Anne
Kese
Danúbia
Mille
Mozão
Fran
.Li
May
Mandinha
Caahcocenza
ღ pri ღ
Kaahh
Elisaa
kah
Jéssica Lautner
Lhay
Lorena
Thais
Camilla
Ju Moreschi
Naathany
Lady
Alyssa
Helena (Lezinha)
Taiane
Yêrma
Mariana B.
Dry
Ellen
, Juliana
Luuh
Mima
Anna B.
Lele
Cris
Ana Silva
Hithi
Olga
Bianca Stela
Sayu
Meny
Mayara (Little-Star)
Babs
Rafaela
Stella H C
Van
Marina
Lívia
Ágata
Jeu
Juliana
Yoo
Sam
Carla Menegazzi
Gabriela Macedo
Ana Paula
Mary Cullen
Mariz Luiza
Érika
Pri
Regi
Laryssa
Fernanda G.
Gleicy
Sarah
Pati
Glau
stupid lamb
Mariane Camponogara
Ivana
Natiii
­  Ariianne
beatriz
Puh
Natii
Kristen - Silvana
..:Bruna®:...
Яa¢Ħelle - Paula
⋆caroline
Samantha
N.Xaubet
Jéh
Boy - Leonardo
Crislaini
Ѽ Jéssikinha
Wine!
Aline
Daira
Gii-dute
amandinha
Renesmee
Ywoollyanna
Ster
Bar
Ginna
Angella
Luisa
Vivi
DST)Bella
Lally
Thaylla
Jujubinha - Juliana
Ana
Flavinha Black
Marcella
L
Hawaiiana
Bella Anny
nathy
Reurianny
Line
Angie
Anna Nunnes
Larissa
Veronique
Yuuki
Julia
Bee
Nanda
Glaucy
Amanda
Nayara
Dyana
Amanda
Prestigio
Pamela
Dyana
Juliana Holanda
Anneliese / Maria
Anna Caroline
Queen - Roberta
Regina
Gabriela
Natalia Barbosa
Luisa
Ana Claudia
Heloisa
Luna
Gabriela
Cheque-maque
Georgia
Larie
Milla
Caroll
Isabella
Bruna Thais
Anaiza Pires
Aline
Annayse
Nathaly
Letícia Colen
uliana Vaslin
Lilian Maia
Gabi
Bia
Laís
Carlinha
Jéssica Murta
Danny Scars
Rosângela (Tia Roris)
Paloma Masen
Lali
Daniela Bomfanti
Mila Garcia
Thaís Londero
Maay
Mayara Setubal
carol Ribeiro
Mariana
Xarol
Ju Silveira
Vanessa Ferreira
Mandy Garcia
Bia
Rol Guerra
Mah
Aiane Ingride
Heloísa Kawano
Anahê Vorique
Lylle
Zen Wardof
Debby
Chachazinha
Dani Bittencourt
Deb
Jen
Naughty Stoomp
Vivih P.
Mandah
Isa
Suzannah Simon
Carol
Mille Siqueira
Bella Delamary
Mayara Leme
Midian
Olgarina Studart
Ana Silva
Pri Nascimento
Hannah Nascimento
Nathália Thereza
Gabiih
Taaaay
Lara Navarro
Fabiana Sobreira
Carina Souzzah
Li Pacheco
Dandara
Carol Ramires
Michelle Dias
Nathii
Lility
Thamires Taêrom
Gabriela Nascimento
Giovanna Alves
Andrea
Beatriz Nascimento
. Sookie
Kah Dias
Alice
- Stephanie
Ѽ ℓindsαy
Kaate,
ѽ-вяυηαツ
Camila Steffen
­ -мαяıı
natasha
ᅟ Paty.
Marina
ღJuℓika
. gααbi
Camila Lopes
Shayna
Teliana
plisht
Ѽ Rayana
Catherine
KCC

FIM!

1 comentários :

Poxaaaaaaaaaaaaaaa...
Não tem meu nomeeeeeeeeeeeeeeeeeeeee...
Magoei....
Sniff

5 de março de 2011 02:02 comment-delete

Postar um comentário