CYGMCTG - Capitulo 9

* Bella POV *
Música: Kylie Minogue & Robie Willians - Kids http://www.youtube.com/watch?v=VEktLpnAQ6g


Nunca fui santa, mais sempre fui meio leiga em relação ao sexo. Não que eu não saiba fazer nada, mais sempre as mesmas coisas enjoa. Então decidi que eu iria inovar minha relação com Edward. Nós já estávamos juntos a um bom tempo, e eu praticamente morava mais no apartamento dele que no meu eu. Então resolvi pedir a ajuda das minhas adoráveis amigas. Elas resolveram me ajudar com o que elas chamaram de Operação arrase o velho! Decidimos que no dia seguinte íamos ao mais famoso sex-shop de Seattle. O A Todo Vapor lá encontraríamos tudo que eu precisaria para isso, decidi também que começaria provocar Edward. Deixá-lo extremamente raivoso do jeito que eu gosto.
Ele nervoso além de ser engraçado, em certos momentos também é extremamente excitantes em outros. Começando pela manhã, não lhe dei bom dia. Não olhei na cara dele um minuto sequer e para completar a encenação “não estou falando com você, passar bem” ainda sai antes dele batendo a porta. Entrei no elevador e cai na gargalhada imaginando ele pensando que diabo ele fez comigo. Imaginando se estou na TPM ou algo do tipo.

2 horas depois...
Resolvi que era hora de provocar meu querido namorado. Primeiro passo, telefone.
- Escritório do Sr. Masen
- Oi Cacau, tudo bem? É a Isabella, Edward está ocupado?
- Não vou passar sua ligação – já disse o quanto amo essa secretária? Ela passa assim do nada. Sempre e às vezes até me atende com uma voz meio enjoada, como se estivesse caçoando de mim. Acho que ela tem um pouco de inveja ou é apaixonada pelo meu namorado.
- Oi amor! – ele está com medo da TPM, melhor provocar de uma vez.
- Já passou na farmácia amor? – segurei o riso.
- Para que Capetinha? – adoro quando ele me chama assim, tão fofo... Foco Bella foco!
- Seu Viagra né? Esqueceu também? Desse jeito vai ter que comprar Ginko Biloba para a memória também. – agora ele vai surtar.
- Para que diabos eu preciso de Viagra, Isabella – não disse!
- Amor, não leve a mal, mas... Er.. Na sua idade as coisas tendem há ficar um pouco lentas, você sabe bem que não tem mais idade para cometer loucuras. – se eu estava dizendo isso ao Edward imaginem o que dizem ao Hugh Hefner.
- Como é Isabella? – Isabella? Ta aí. O ponto de raiva que eu queria.
- Tchau amor preciso voltar pra aula, não se esqueça de passar na farmácia hein.
- Isa... – não dei tempo de ele terminar, quer ver uma pessoa possessa. Diga algo que o deixe extremamente nervoso e desligue.
Peguei Ana e Alice e fugimos da escola antes do horário normal. Precisava me preparar para a “operação arrase o velho!” então seguimos para o sex - shop para as compras. Primeiro passo, roupa. Alice como boa consumista foi direto ao ponto foi pegando todos os tipos de roupa. Com todos os tipos de tecido, látex, vinil, couro, enfim.
Acabei escolhendo uma saia de couro, botas de cano alto que iam até minhas coxas de vinil, um colete de couro com um top que deixavam meus seios bem destacados. Cinta liga, meias arrastão e uma liga de perna, Edward iria babar ou realmente ficar “arrasado” depois passamos diretamente para os brinquedos. Uma variedade de brinquedos, coisas que eu nunca imaginei que viveria para ver. Realmente a indústria do sexo tem uma imaginação que até deus duvida. Na sessão de brinquedinhos Ana era a mais envergonhada, Alice pedia para testar tudo, isso mesmo tudo! Até quando ela achou os vibradores. É aqui mesmo que eu vou parar.
- Alice, olha isso... – peguei um vibrador em forma de milho.
- Quem diabos vai usar um vibrador com formato de milho? – Alice ria e Ana constrangida com a situação. (N/A: Isso é verídico, pensem como eu fiquei rindo quando vi um vibrador com formato de milho huahuahua rolei de rir na loja)
Ana não deveria ficar tão constrangida, afinal ela tinha duas amigas super pervas. E nós íamos quebrar essa redoma de santidade, que se abateu sobre ela naquele momento. Peguei o maior vibrador que tinha na prateleira e mostrei para ela.
- Ana coração quem é maior, o negão ou o Emmett? – ela arregalou os olhos.
- Ai não sei talvez o negão... – ela pegou vibrador e começou a analisar
- Perrvaaaa! – gritamos juntas sem parar.
- Nossa esse aqui estimula o ponto G, eu vou levar. Era um vibrador rosa meio grande não chegava ao tamanho do que tenho em casa, mais para atiçar ele eu usaria qualquer artimanha. Até se ele me pedisse para me vestir de Hebe Camargo. O que eu duvido que ele pediria, eu me vestiria.
O que me lembra de provocá-lo mais uma vez...
De: Bella
Para: Edward
Oi amor, estou aqui pensando em comprar um vibrador, o que acha? Assim você não precisa se esforçar.
Agora sim cheguei ao fundo do ego masculino. Que homem gosta de saber que vai ser trocado por um vibrador, porque não consegue satisfazer sua mulher?
De: Edward
Para: Bella
Acho bom parar de gracinhas ou não respondo por mim!
Não disse... Edward é daqueles homens que tem o ego maior que a barriga, no caso do Edward que barriga?
De: Bella
Para: Edward
Ai amor não fala assim só estou tentando te ajudar, te manter mais descansado., Vai que o coração sofre.
Sim, descansado para infartar. Comigo a noite.
De: Edward
Para: Bella
Isabella, eu não estou gostando nada. Nada, dessas suas atitudes, irei te castigar de várias formas hoje, formas inimagináveis.
Seus castigos são extremamente bons Edward. Mais hoje eu irei te usar, abusar e arrasar você.
Continuei as compras com Alice e Ana. Afinal eu precisava me abastecer de muitas coisas.
- Ahh que bonitinho!!! Edward adora me chamar de capetinha, vou comprar esse. – coloquei na sacola um kit diabinha que vinham um biquíni ou a falta dele e os chifres.
- Bella isso também muito importante – Alice girava algemas nos dedos, escolhi de dois tipos entre eles um de pelúcia e uma normal.
Cada vez mais, achávamos apetrechos interessantes.
- Bella, chicotes! – Ana realmente tinha perdido a vergonha. Para uma pessoa que estava com Emmett, não sei do que ela ainda estava envergonhada.
- Sim, chicotes. Farei dele meu escravo... – podia imaginar Edward aos meus pés me reverenciando.
- Ai meu pai amado, criador das melhores invenções do mundo...
- O que é? – Perguntou Alice.
- Olhem isso. Um estimulador oral vibratório, para estimulação do sexo oral. Permite 4 posições diferentes, possui micro-vibrador na posição do queixo. – explicava lendo a embalagem do produto.
- Se a língua dele já é potente com isso vai virar a bomba atômica. Tenho que levar!
- Ok Bella, não precisamos saber dos detalhes da sua vida sexual. – reviraram os olhos e faziam gestos ultra obscenos. Alice já não prestava quando juntava com a Ana então...
- Calcinhas comestíveis quem vai querer? – a vendedora que estava nos auxiliando jogava varias e de varias cores e sabores. Optei pela de morango, Edward ama morango.
- Plugs anais?
- Sim! – gritamos em uníssono.
E graças aos plugs anais que revelei a maior segredo da minha vida.
- Não me olhem assim. Que culpa tenho se Edward é bom em tudo. Até no anal...
- Bella sabia que esse dia iria chegar. Você não é mais virgem nem na alma. Você graduou na faculdade das pervas – Alice dizia horrorizada como se anal fosse uma coisa tão banal. Hoje em dia é tão normal e vários homens tem fantasias quanto a isso.
- Não julgue Alice Brandon. Nem mesmo você está a salvo do anal Jasper um dia ainda irá te pedir, e você vai ceder. Seja por curiosidade ou até mesmo pelo prazer. E digo mais é um prazer imenso.
- Me dê isso aqui. – arranquei o plug da mão da vendedora e fui em direção aos afrodisíacos. Não que eu precisasse mais se é pra variar, tem que ser com estilo.
1 hora depois...
Após comprar tudo que eu tinha idéia e algumas coisas que comprei por pura curiosidade resolvi ir para casa aprontar tudo. Iria irritá-lo muito, fazer chegar ao limite com toda certeza ele irá ficar bem raivoso. Coloquei a roupa por baixo da minha normal e fui para cozinha fazer meu teatro, depois de ter escondido bem todos os apetrechos para Edward não achar nada pelo caminho. Enquanto eu preparava uma canja, não só para provocá-lo porque canja é coisa de velho cansado. Também não nego ser nutritivo e depois do que eu estava preparando para hoje à noite, sim nos dois seriamos dois velhos a beira do caixão.
Tentei de todas as formas me esquivar de Edward já que minha provocação deu muito resultado. Ele queria pular em mim, acho que o que o conteve foi o fato da enorme faca afiada que eu tinha em mãos no momento de sua chegada em casa. Com meu sorriso mais cínico precisava colocar Edward no banho de qualquer forma para preparar o terreno. Para a mais louca noite de sexo já vista pelo mundo. A faca foi minha aliada ele me obedeceu depois de ficar verde, roxo, amarelo, laranja e finalmente o vermelho. Após ver as caixas de Ginko Biloba e Viagra em minhas mãos. Hilário! Assim que ele entrou no banho o tranquei. Não iria correr o risco dele me pegar arrumando tudo, enquanto isso só iria esperar.

1 comentários :

nossa eu rir muito com vibrador em forma de milhor kkk kkkkkkkkkkkk

yo
21 de março de 2012 16:11 comment-delete

Postar um comentário