BMO - Capitulo 1

Sentada na cadeira esfarrapada daquele quarto miserável eu pensava como iria seguir em frente. Sozinha e com um filho para criar. O homem que um dia amei estava ha quilômetros de distância. E mesmo que estivesse perto ele jamais chegaria perto de mim novamente. Eu errei. Mas ele errou também.

E quem estava pagando pelos erros dos dois era nossa filha. Melaine...há duas semanas ela nascia num hospital público. Sem pai, sem avós..apenas eu e ela. A cópia exata do pai. Um bebê lindo que chegava ao mundo sem qualquer perspectiva de uma vida melhor.

Suspirei, resignada. Eu não tinha escolha. Teria que entregar minha filha para adoção. Meu bebê...filha do único homem que amei ate hoje. E creio que amaria para o resto da minha vida.

2 comentários :

aaaaaaaaaaaaameeey

Anônimo
16 de agosto de 2011 14:59 comment-delete

Eu nao entendi como que eu vou saber a parte 1

9 de agosto de 2014 20:56 comment-delete

Postar um comentário