ALDE - Capitulo 11

Edward não sabia o que esperar de Bella na sexta de manhã na faculdade. Então andou rapidamente até a sala evitando cruzar com ela.

- Fugindo de alguém Edward? – Ele pigarreou e virou-se. Bella o esperava encostado na parede em frente a sua sala. Ela sorriu cinicamente.

- Ah, bom dia Isabella. – Cumprimentou nervoso.

- Bom dia. Responda minha pergunta. - Ordenou séria.

- Estou sempre fugindo. – Respondeu ele calmamente.

Bella se desencostou da parede e andou até ele. Edward defensivamente deu um passo para trás.

- E eu estou sempre te encontrando. – Replicou intensificando seu olhar.

- O que você quer aqui? – Perguntou confuso. Edward evitava Bella por uma questão de segurança, ainda não compreendia o que sentia por ela.

- Quero você. – Ela respondeu dando um passo a frente. – Não deixei explícito ontem?

Bella se viu entre a cruz e a espada com ele.Edward era um poço de emoções,uma constante contradição que a deixava impaciente.Respeitava o ritmo dele mas não sabia se podia vencer o seu próprio.

- Ontem estávamos em outro contexto Bella.

- Mas ainda permanecemos em sintonia, certo? – Bella perguntou buscando nos olhos dele a resposta. Tocou seu rosto de leve.

- Sim, eu acho. – Deduziu pensante.

- Quando souber a resposta me procure. – Bella disse tentando manter a calma.

O deixou lá parado refletindo. Edward cobriu o rosto com as mãos preocupado. Depois de ontem pensou que as coisas entre ele e Bella melhorariam, mas sua preocupação só aumentara.

Ignorou os comentários e perguntas de Mike, seus pensamentos cada vez mais longínquos.

- Não sabia que as mulheres eram tão... – Divagou no intervalo das aulas. Ele e Mike estavam no corredor, na porta da sala mais especificamente.

- Tão? – Encorajou Mike olhando para uma garota que passava percebendo que ela olhava lascivamente para Edward. – Gostosas?Loucas?

- Não sei. – Disse ele respirando fundo, evitando pensar em Bella. O que era praticamente impossível.

- Está se referindo a Bella?

Edward recostou a cabeça na parede e soltou um longo suspiro.

- Infelizmente sim. Ele gosta de mim, mas não sei como agir. Às vezes tenho medo dela, ás vezes tenho medo do que posso sentir por ela.

Mike virou-se para ele e encarou o amigo chocado, Edward não era muito de confessar, muito menos desabafar.

- É um dilema,garotão.Se ela gosta de você fique com ela,vença esse medo.Pense assim:pior será sem ela.

- Pior será sem ela. – Pensou Edward encarando o nada.

Seguindo Estrelas - Paralamas do Sucesso

Mike tinha razão, apesar de desconfiar das atitudes de Bella, do seu jeito expansivo e aberto, pior seria ter que se afastar dela agora que estavam tão próximos. Havia muito mais do que uma ligação entre eles, era uma atração forte a qual ele não compreendia ainda. Tinha medo de até onde esses caminhos levariam.

Encontrou Alice no final das aulas. Ela estranhou a expressão pensativa demais do irmão,as sobrancelhas franzidas demonstravam que Edward estava preocupado demais com algo dentro dele.

- Edward?

- Sim. – Ele respondeu sem nem ao menos olhar para a irmã.

- O que aconteceu?

- Vá para casa. – Ele disse olhando fixamente para Bella encostada no Cadillac Escalade conversando com alguns colegas.

- O quê? – Perguntou ela incrédula.

- Eu disse vá para casa. Eu vou com a Isabella. – Justificou sério.

Alice sorriu maliciosamente, depositou um beijo na bochecha do irmão e se dirigiu até seu carro. Edward esperou a irmã ir embora e se aproximou de Bella com cautela, com medo da reação dela. Apoiou a mão no carro e a fitou esperando que ela o notasse.

Bella piscou seguidas vezes ao percebê-lo ao seu lado. Despediu-se dos colegas e se virou para falar com ele. Reparou que hoje Edward vestia uma camisa branca de botões com as mangas curtas, e por um momento se perdeu na trilha de pêlos exposta pelos primeiros botões desabotoados, por pouco se deixou vencer, mas lembrou que precisavam conversar.

- Isabella, nós precisamos conversar.

- Ah então você resolveu assumir que existe algo entre nós que não se restringe a ontem. Ou vai dizer que ontem teve um colapso de euforia. – Disse Bella ríspida demais se esquecendo das dificuldades emocionais dele.

- Colapso de euforia?Acho que você está tendo um agora. – Replicou ele erguendo uma sobrancelha. – Acalme-se, por favor. – Pediu pondo a mão sobre a dela por cima do capô. Mesmo sentindo o choque que o toque causou-lhe, ele não tirou de lá.

Ela fechou os olhos e respirou fundo, deixando o calor das mãos se tocando invadi-la.

- Desculpe. O dia de hoje não foi muito agradável. Semana que vem tenho milhares de provas. E você não tem culpa nenhuma.

- Provas não são difíceis. É só estudar. - Sua intenção era tranqüilizá-la, mas só deixou a garota mais tensa ainda.

- Claro pra você é fácil. Com essa inteligência toda! – Respondeu nervosa.

Edward tirou a mão da dela e colocou-a no bolso da calça. Bella se arrependeu de ter dito aquilo, não queria magoá-lo nem muito menos perder o contato de suas mãos, precisava senti-lo mais do que nunca.

- Desculpe de novo. – Ela pediu vendo-o cabisbaixo.

- Eu queria dizer que me sinto melhor por você saber de tudo. Principalmente como me sinto em relação a você. Eu não estou fugindo de você, só estou confuso. – Ele lutava com as palavras. Bella percebeu e se aproximou dele sem arriscar olhá-lo nos olhos.

- Estou sendo muito dura com você. – Disse ela com as mãos no peito dele. Edward não se incomodou com a proximidade, estavam sendo sinceros um com outro e isso predominava.

- Dura? – Questionou ele coçando o queixo.

Bella sorriu, esqueceu-se que Edward não compreendia algumas frases.

- Eu fui cruel, impaciente com você. – Explicou.

- Geralmente as pessoas me ignoram. Você se importa comigo, não sei porque. – Disse ele dando um passo para trás, deixando Bella aflita.

- Edward olha para mim. – Ordenou tocando o rosto dele com as pontas dos dedos. Ele não a olhou sua confusão interior era tamanha.

- Eu gosto de você. Não só eu como todos ao seu redor. Você é incrível, não tem como te ignorar.

– Você vai para casa agora? – Desconversou ele.Aquela conversa o deixava confuso,muito mais do que se encontrava.Precisava organizar seus pensamentos.Não queria condenar Bella a sua vida,se conhecia o suficiente para saber o quanto os que viviam ao seu redor sofriam com a sua indiferença.

Bella assentiu e suspirou. Achava ela que sua paixão por Edward o tiraria do sofrimento, colocaria um sorriso naquele belo rosto.

- Hoje é sexta. – Comentou ela.

- Hum. – Murmurou Edward distraído.

Bella pensou que ele se lembraria do que acontecia na sexta. Não esqueceu das lembranças familiares que ele revelou. Faria uma pequena surpresa. Arriscaria para vê-lo feliz.

1 comentários :

Muito boa essa fic!Essa Bella é muito guerreira já que conquistar esse garoto é uma luta! kkkkkkkkkkk esperando por mais.

Anônimo
25 de fevereiro de 2011 21:34 comment-delete

Postar um comentário