OAV - Capítulo 2

Aulas Normais. Vidas Normais. Ops, vamos omitir o fato de ver o Jacob não ser normal. Eu não sabia explicar o que estava acontecendo comigo. Ele passava por mim, eu praticamente babava. Ele falava um oi comigo, eu ficava sem fala. Ele sorria pra mim, minhas pernas falhavam. Que porra é essa? Claire e eu tínhamos nos tornado muito unidas. Tínhamos praticamente todas as mesmas aulas e sempre sentávamos juntas. Ela me contou sobre todo o sentimento que ela tinha pelo Josh e no quanto ele era um galinha que nem o Jake. 



- Homens...– eu disse revirando os olhos enquanto voltávamos para a sala.

- Não vivemos sem eles. 

- Não mesmo. 

- Nessie, ta lembrando que hoje é sexta NE?

- O que tem hoje?

- A festa na casa do Josh. Você vai comigo?

- Ah Claire... Acho que não. 

- Por favor, por favor, por favor. Eu preciso de você lá. 

- Mesmo?

- Mesmo.

- Ok, você me convenceu. Eu vou. 

- Isso! 

- Passo na sua casa as 21:30, e nada de atrasos.

- Sabe Nessie...

- Sim? 

- Como você percebeu... Eu não me visto apropriadamente bem. 

- Claire, não diga isso. Você tem seu estilo. 

- Poderíamos nos arrumar juntas? Eu PRECISO ficar linda nessa festa. 

- Você é linda. 

- Nessie, você me entendeu. 

- É o Josh não é? 

- É sim, quero conquistá-lo. 

- Olha, tenho uma idéia. Vou te dar o endereço da casa da minha tia Alice e você vai pra lá. Eu levo umas opções de roupas pra você e ai você escolhe ok? Sem falar que Alice é ótima com isso também. 

- Ótimo.



O professor entrou dentro de sala e começamos a prestar atenção na aula. Assim que o sinal bateu, Claire foi para a única aula que tínhamos separadas e eu fui para a mim. Percebi que a garota que se sentava comigo não estava presente hoje, teria que sentar sozinha. Então, meu inferno particular entrou na sala, com aquele sorriso perfeito. Eu tremi dos pés a cabeça, mas manti a postura e fingi desenhar no caderno. Ouvi a cadeira ao meu lado se arrastando e quando me virei para ver quem era, quase tive um ataque. 



- Jacob. 

- Posso me sentar aqui NE? 

- Claro, a garota que faz dupla comigo não veio mesmo. 

- E ai, vai a festa hoje?

- Vou sim. E você?

- Claro que vou. 



Ele deu um sorriso e abaixou a cabeça, deus, o que eu faço agora? Vi ele respirando fundo e olhando pra mim mais uma vez. 



- Sabe Nessie... Queria muito seu telefone. 

- Me-meu te-te-telefone? 

- Acho que sim. – ele disse dando de ombros. 



Respira. Respira. Respira. Respira. 



- Claro. 



Rasguei um pedaço do papel e anotei meu celular ali. 



- Pronto. 

- Valeu gata. 



Ele me chamou de gata?OMG ele me chamou de gata. Acorda Renesmee, ele chama todas de gata e tem o telefone de todas também. Não se iluda. Falar é fácil. Eu estava quase que no mesmo barco que a Claire. Ficamos em silencio durante a duração da aula e quando tocou o sinal ele deu uma piscada e um simples até mais tarde. Eu tinha que chegar causando naquela festa, hoje eu tentaria fisgar Jacob Black. 

Assim que as aulas acabaram eu corri para casa de Charlie, que me aguardava com um chapéu na cabeça e uma vara de pescar na mão. 



- Vai pescar? – perguntei me jogando no sofá. 

- Vou sim, tem algum problema de você ficar na casa de Alice até domingo?

- Não. Vai com quem? 

- Com o Billy. – Oh, sogro querido. 

- Ah, legal. Mande lembranças. – eu tinha que agradá-lo. 

- Ah, antes que eu me esqueça. Billy disse que Jake anda falando de você. – hein? Vou ali 

Morrer e já volto. 

- DE MIM? O QUE? QUANDO? 

- Temos alguém interessada ai?

- hehehehe. Engano seu. 

- Então vou indo. 

- Ok, boa pesca e até domingo. 

- Até, se cuida mocinha. 

- Sempre vô. 



Assim que ele saiu eu corri pro quarto. Acabei escolhendo meu vestido listrado de preto e branco e sandálias vermelhas. E para Claire, escolhi algo bem a cara dela. Peguei as chaves do carro, coloquei as bolsas no banco traseiro. Passei em frente à casa de Claire e buzinei. Ela logo apareceu na porta e sorriu, entrando no carro.



- Preparada? – perguntei. 

- Acho que sim. 

- Então vamos. 

Acelerei até a casa de Alice e ela nos esperava sorridente, já do lado de fora. Saímos do carro com as coisas e corremos para nos preparar. Claire tirou o vestido da bolsa e ficou babando. 



- Tem uma meia calça, se quiser usar... 

- Não, sem meia calça. 

- Também prefiro sem. Ah, trouxe uns anéis legais ali... 



[...]



Depois de maquiagem, roupas e tudo mais. Estamos prontas e já na hora de ir. Dormiríamos na casa da minha tia, assim ficaria mais fácil e poderíamos ficar até a hora que quiséssemos. Peguei as chaves e fomos para a casa do tal de Josh. 



>PDV Jacob



Tinha acabado de deixar uma gata em casa. Já estava arrumado para a festa na casa do Josh. Hoje eu pretendia conhecer melhor a nova Bonequinha de Luxo de Forks. Ela era gata demais, disso ninguém tinha duvidas, e eu queria ser o primeiro a fazer as honras. De longe eu já ouvia a musica rolando. 



I Gotta Feeling – Black Eyed Peas: http://www.youtube.com/watch?v=uSD4vsh1zDA



Letra Traduzida: http://vagalume.uol.com.br/black-eyed-peas/i-gotta-feeling-traducao.html



A casa já estava lotada de gente. Com custo eu achei uma vaga pro meu carro. Assim que entrei na festa, geral veio falar comigo, isso que dá ser popular. O que eu realmente queria ver hoje, não estava á minha vista, ainda... Ouvi pneus sendo cantados na rua e eu sabia muito bem quem era. Ninguém mais colocaria fogo em Forks com um carro além de mim, a não ser que fosse Renesmee. Fiquei perto da porta, aguardando sua entrada e pra minha decepção quem entrou primeiro foi a amiga dela, Claire. 



Claire: http://tengossip.com/wp-content/uploads/2009/07/demi-lovato.jpg



Acho que Nessie deu um jeito nela, porque não via essa garota gata assim a muito tempo. E Então, minha boca foi no chão com o que passou pela porta. Eu estava babando mesmo ou era apenas minha imaginação? To sonhando? Que gostosa era aquela?



Nessie: http://quebomhem.files.wordpress.com/2009/08/leighton-meester-teen-choice-awards-2009-09.jpg



Nessie estava gata demais, eu estava babando mesmo. Josh foi em direção a Claire e os três ficaram conversando, era hora de eu tomar uma atitude homem. 



>PDV Nessie


Assim que entramos na festa todos os olhares vieram para nós. Quase surtei quando vi Jake. Deus... Ele era a oitava maravilha do mundo, sem duvidas. Porque minha mãe me deixou longe de Forks por tanto tempo? Misericórdia. Josh veio fazer as honras da casa, mas meus olhos não saiam de Jake. Percebi que a todo momento chegava uma garota perto dele, mas ele fazia questão de dispensá-las. 



Jake: http://www.contactmusic.com/pics/lb/max_payne_4_1410008/taylor_lautner_2121608.jpg



Meu coração parou, quando vi que ele estava vindo na nossa direção. Olhei pra baixo e entrelacei minhas mãos e comecei a sua frio. Então ele parou entre a gente, dando um abraço em Josh e sorrindo pra mim. 



- Oi gatas! – ele disse. 

- E ai Jake?

- Oi Jake. 

- Sabe Nessie, tava vendo dali e acho que Josh e Claire querem ficar sozinhos não é mesmo? Então, ta afim de tomar alguma coisa? 

- Claro Jake. Tudo bem pra você Claire? 

- Claro amiga, fica tranqüila. 

- Ok. Qualquer coisa eu te dou um toque. 

- Ficarei atenta. 



Ok, ele só quer beber alguma coisa com você. Estava na hora de eu parar de agir como uma garota de 14 anos e agir como uma de 17. Respirei fundo e o segui em direção ao bar. 



- O que vai querer? – ele me perguntou. 

- Uma cerveja. 

- Você é das minhas. – e você é dos meus.



Ele pediu duas cervejas e ele me ofereceu sua garrafa para brindarmos. 



- Um brinde? – perguntei. 

- A festa. – ele disse. 

- A nós.



Vi que ele ficou chocado com a minha resposta. Quando eu queria ser direta, eu era direta. 



- Você esta muito linda. 

- Obrigada Jake. 



Vi uma garota se aproximando de nós com uma cara enfurecida. Sério, parecia que estava saindo fumacinha dos ouvidos dela, tipo desenho animado sabe. 



- Então é isso Jacob Black. Me deixa em casa e já corre pra uma festa com outra. 



Sarah: http://xoxogossipgirlblog.files.wordpress.com/2009/03/09_mtranch_lgl.jpg



- Hei Sarah, olha como você fala. 



Como nem tudo é perfeito, uma provável peguete do Jacob chegou para atrapalhar o momento. Agora sim eu sabia como Claire se sentia. Eu estava me sentindo tola e enojada em ficar vendo aqueles dois discutindo. Estava na hora de sair dali. 



- Jake, vou deixar vocês sozinhos.

- Se é por falta de Adeus... – a tal de Sarah disse. 

- Então como eu ia falando com VOCÊ, estou indo dançar, depois a gente conversa. – dei uma piscadela.

- Nessie espera... 



É, ela não deixou ele vir atrás de mim. Vi que uma música que eu amo começou a tocar e já que eu disse que ia dançar, eu iria mesmo dançar. Em NY eu sempre fui conhecida por dançar bem e aqui eu deixaria ser diferente. 



Sexy Chick – Akon: http://www.youtube.com/watch?v=N9hazmsUxrM



Letra traduzida: 



Sim, eu posso vê-la
Porque cada menina aqui quer ser ela
Oh, ela é uma diva
Eu sinto o mesmo e eu quero conhecê-la

Dizem que ela é de baixo nível
É só fofoca e eu não acredito nisso
Dizem que ela tem que desacelerar
A coisa mais malvada na cidade toda

Ela é diferente de todas as garotas que você já
conheceu
Nada que se possa comparar à garota da vizinhança
Estou tentando achar as palavras para descrever esta menina,
sem ser desrespeitoso
A forma como aquela bunda mexe, eu não consigo mais
Tenho que parar o que estou fazendo para que eu possa puxá-la pra perto
Estou tentando achar as palavras para descrever esta menina,
sem ser desrespeitoso

Droga, garota
Droga, você é uma mina gata
Mina gata
Droga, você é uma mina gata
Droga, garota

Droga, você é uma mina gata

Mina gata
Droga, você é uma mina gata
Droga, garota

Sim, eu posso vê-la
Porque cada menina aqui quer ser seu
Oh, ela é uma diva
Eu sinto o mesmo e eu quero conhecê-la

Dizem que ela é de baixo nível
É só fofoca e eu não acredito nisso
Dizem que ela tem que desacelerar
A coisa mais malvada na cidade toda

Ela é diferente de todas as garotas que você já
conheceu
Nada que se possa comparar à garota da vizinhança
Estou tentando achar as palavras para descrever esta menina,
sem ser desrespeitoso
A forma como aquela bunda mexe, eu não consigo mais
Tenho que parar o que estou fazendo para que eu possa puxá-la pra perto
Estou tentando achar as palavras para descrever esta menina,
sem ser desrespeitoso

Droga, garota
Droga, você é uma mina gata
Mina gata
Droga, você é uma mina gata
Droga, garota



Fui para o meio da pista de dança, e comecei a rebolar conforme a música. Fechei os olhos e deixei apenas a batida me levar. 



>PDV Jake. 

Eu já estava de saco cheio de Sarah Sparks. Já estava na hora de terminar com essa aqui, sem falar que ela acabou com minha grande oportunidade com Nessie. 



- Acabou Sarah! Pode ir embora agora. 

- Como assim acabou? Jacob, NÃO acabou. 

- Quando eu coloco fim em uma coisa é isso e ponto. 



Vi que estava sendo criado um aglomerado de pessoas na pista de dança e fiquei curioso para ver o que era, ou melhor, quem era. Deixei Sarah falando sozinha e fui até lá checar. 

Quando parei os olhos e duas pernas bem torneadas, em uma cintura de pilão e em uma bunda perfeita, eu babei. Sério, como Renesmee conseguia ser tão gostosa assim? Onde essa garota estava escondida? Ela rebolava sensualmente no meio do circulo que fizeram a sua volta, seus olhos estavam fechados, era como se ela estivesse em outro mundo. Então a musica parou de tocar e ela abriu os olhos, corando. Percebi que ela ficou envergonhada ao ver que todos olhavam para ela. O pessoal aplaudiu, ela fez um leve gesto e saiu dali. 



>PDV Nessie 



Nem é necessário dizer o quanto fiquei envergonhada ao ver todos olhando pra mim quando acabei de dançar. Fui até o banheiro e lavei minhas mãos que estavam suadas. Jake provavelmente estava no rolo com a tal de Sarah, então eu já não tinha nada para fazer ali. Iria embora. Como Claire iria dormir na casa da minha tia comigo, deixaria a chave do carro com ela, e iria a pé, depois ela levava o carro pra mim. Vi ela no maior amasso com o Josh, desculpe, mas eu teria que interromper.



- Amiga!- eu disse fazendo os dois se separarem. 

- Ah... Oi amiga. 

- Estou indo embora. 

- Mais já Nessie?

- Eu estou indo, você pode ficar. 

- Como assim?

- Vou deixar a chave do carro com você, pego um taxi, vou a pé... Sei lá. 

- CLARO QUE NÃO! 

- Fica quieta e não discute comigo. Sabe que é perda de tempo discutir com um Cullen. 

- To sabendo. – ela disse bufando enquanto eu entregava as chaves. 

- Curti muito ai ok? 

- Ok! Beijo. – ela disse me abraçando. 

- Beijo. E obrigada pelo convite Josh. 

- Tranqüilo Nessie. 



Sai da casa dele e decidi ir embora a pé mesmo. Não era longe e eu poderia parar em algum lugar pra comer alguma coisa, mesmo estando sem fome. 



>PDV Jake



Procurei Nessie por toda a festa, achei Claire, ela tinha que me dizer onde estava a amiga. 



- Claire, onde esta sua amiga?

- A Nessie?

- É. 

- Foi embora, acho que ela esta a pé... 



Nem eperei ela terminar de falar, já fui correndo pra porta. 



- MAL EDUCADO! – gritou Claire. 



Peguei meu carro e cantei pneus na rua. Vi uma garota andando no meio do asfalto, toda no salto alto. Só podia ser ela. 



>PDV Nessie



Ouvi alguém buzinando atrás de mim, e quando me virei vi aquele lindo carro preto, que eu já conhecia muito bem. 



- Alguem ai quer carona? 



Bufei. Meus pés doíam muito. Geralmente eu não andava a pé de salto tão fino que nem o meu. Eu tinha uma Mercedez com um motorista, era bem mais pratico assim. Mais o que não fazemos pelas amigas? E bom, eu iria ser obrigada a aceitar. 

Abri a porta do carro e entrei.



- Se meus pés não doessem tanto e se eu não temesse um tarado, eu não aceitaria sua carona. 

- Nossa, porque esta tão brava?

- Você ainda pergunta Black?

- Então agora é Black? Onde esta o Jake? – ele perguntou brincalhão. 

- Eu que pergunto. Onde esta a sua namoradinha?

- Tem alguém ai com ciúmes?

- Com ciúmes? Eu? Faça-me o favor. Olha, eu aceitei sua carona, mas se não quiser que eu dessa aqui mesmo, não diga mais nada. 

- Você quem manda. 



Tentei olhar disfarçadamente para ele. Seus olhos estavam estreitos, olhando para a rua escura, suas mãos apertavam o volante com força e um sorriso de raiava apareceu. Medo. Ele estava com raiava. Resolvi ficar quietinha no meu canto. Só abri a boca para explicar a ele onde Alice morava. 



Assim que chegamos em frente a casa dela ele desligou o carro. A rua estava em um silencio total. Jake saiu e abriu a porta pra mim. 



- Ainda esta brava?

- Esta passando. 

- Não quer conversar? 

- Na verdade não. 

- Então podemos ficar sentados aqui, olhando um para a cara do outro. Eu não me importo, mas não irei embora. – ele disse se sentando na calçada. 

- Esta molhada?

- A calçada?

- É. 

- Não, esta seca. Porque não... Se senta? 



Me rendi e acabei me sentando. 



- Por que você ficou tão brava comigo?

- Por que você tem que ser tão galinha assim?

- Hei, é da minha natureza. 

- Não é não. Meu pai sempre amou minha mãe e ele nunca foi que nem você.

- Desculpe se te incomodo com isso, mas às vezes fica fora do meu alcance. 

- Só fica fora do seu alcance se você quiser Jacob. Se você decidir parar com isso e ficar com uma pessoa só, tudo isso acaba. 

- E como conseguiria gostar de uma pessoa só?

- Com o tempo você acaba descobrindo. Mais pense bem no que irei te falar agora. Não faça isso com as garotas, todas nós temos corações e sentimentos. Não falo isso pelo que passei hoje, e sim pelos sentimentos delas. Como acha que Sarah se sentiu ao me ver ao seu lado? Ao se ver desprezada por alguém que ela gosta? Ao perceber que a pessoa que ela gosta, sempre brincou com ela? Isso não é legal. 

- Eu vou tentar mudar. 

- Isso. Tente. E se der algum resultado, ou se mesmo não der, me avise. Gostarei de saber. 



Ele se aproximou de mim para me beijar, mas na mesma hora, um farol nos atrapalhou, e então vi Claire estacionando o meu carro. Ótimo. Desse jeito o nosso primeiro beijo não chegaria nunca. 



- Nos vemos na segunda? Na escola?

- É, acho que sim. 

- Até segunda então e... Boa Noite. – ele beijou minha bochecha. 

- Boa... Noite!

Ele entrou no carro e saiu a toda velocidade dali. Claire ficou em pé na minha frente. 



- Atrapalhei?

- Não amiga... Vem vamos entrar, esta frio aqui fora e você tem que me contar todos os detalhes...

- Ah, é verdade. 



Abri a porta e dei uma ultima olhada para trás, como eu queria que ele voltasse...






<<< Capítulo Anterior                                         Próximo Capítulo >>>

1 comentários :

que ele voltasse? credo cruz!
odiei esse Jake! ahhh galinha, safado do caramba!

20 de dezembro de 2010 23:38 comment-delete

Postar um comentário